CONFRARIA ENOGASTRONÓMICA DA MADEIRA



Fundação: 30 de Abril de 2000.
Filiada na Federação Portuguesa das Confrarias da Báquicas
Filiada na Federação Portuguesa das Confrarias da Gastronómicas

Missão:
Defender, preservar, promover, divulgar, prestigiar e valorizar a cultura báquica e gastronómica da Região Autónoma da Madeira, incluindo os seus usos e costumes, as suas tradições e as técnicas e tecnologias inerentes à sua produção.

Traje
Os confrades vestem uma capa de cor vermelha que simboliza as carnes vermelhas e tem uma espécie de aba de cor beige, que simboliza as carnes brancas. Usa a carapuxa madeirense que nos liga à cultura madeirense, sendo uma das formas de identificação. O uso da tomboladeira ao pescoço suportado por um escapulário de cor beige com bordados de desenhos de animais, serve para os Confrades darem as boas vindas a todos os que estejam presentes nos encontros da Confraria, já que os Confrades brindam com Vinho da Madeira.

Historial 
A Confraria Enogastronómica da Madeira nasceu como Academia Madeirense das Carnes, em 30 de abril 2000, pela mão de um grupo de indivíduos amantes de comida tradicional madeirense, em especial do receituário associado a carne.
Um dos eventos emblemático deste grupo foi um jantar de protesto ao embargo da comunidade europeia ao consumo da carne de vaca dado ao risco de contaminação com a BSE, vulgarmente conhecida como doença das “vacas loucas”, por entenderem que os dados existentes não justificavam essa proibição. O prato principal foi uma costeleta de vaca e teve grande repercussão nos meios de comunicação social.
Imbuídos desse espírito de salvaguarda e com o conhecimento da existência do movimento de confradico com o intuito proteger e divulgar os produtos e as receitas gastronómicas genuínas de uma determinada região, o grupo evolui para Academia Madeirense das Carnes / Confraria Gastronómica da Madeira abraçando toda a gastronomia regional.
Ao longo dos seus anos de existência a Confraria têm tido uma intensa atividade quer no plano regional, nacional e internacional. Foi uma das fundadoras da Federação Portuguesa Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas e é uma das confrarias portuguesas com maior presença em eventos além-fronteiras.
A Confraria, desde a sua fundação, alia a cultura báquica à gastronómica, nomeadamente brindando na abertura dos seus eventos com o histórico Vinho Madeira. Nas últimas décadas, com o surgimento e evolução dos vinhos tranquilos madeirenses, os confrades madeirenses sentiram vontade de também os acarinhar. 
Em 2019 esta inclusão é formalizada com novos estatutos e consequente alteração de denominação, transformando-se em Confraria Enogastronómica da Madeira, com a missão de defender, preservar, promover, divulgar, prestigiar e valorizar a cultura báquica e gastronómica da Região Autónoma da Madeira, incluindo os seus usos e costumes, as suas tradições e as técnicas e tecnologias inerentes à sua produção.

 

© 2013 Confraria Enogastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top