03 dezembro 2021

António Maçanita lança vinhos do Porto Santo


No evento estiveram presentes o 'chef' Ljubomir Stanisic, que colaborou na vertente gastronómica, e Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional, como um dos convidados, entre muitos outros.


António Maçanita apresentou, a 25 de Novembro, na Quinta Zino - Gazebo, no Funchal, Madeira, três novos vinhos de castas antigas e perdidas da ilha do Porto Santo.

"A recuperação de castas perdidas, abandonadas ou indesejadas, ou técnicas desaparecidas tem sido uma das marcas deixadas pelo enólogo António Maçanita. Numa combinação de ciência, história e busca de tradições, António aprofunda os temas como poucos. No currículo fica o primeiro vinho que se engarrafou da casta da Negra Mole, no Algarve, o primeiro Branco de Talha no Alentejo e podermos hoje provar castas únicas como Tinta Carvalha, Alicante Branco ou Trincadeira das Pratas também no Alentejo, são alguns exemplos da dedicação em descobrir um Portugal esquecido. Mas, mesmo assim, talvez o seu trabalho mais assinalável tenha sido com os vinhos dos Açores, primeiro na recuperação da casta Terrantez do Pico e depois na casta Arinto dos Açores e agora a atenção dada às vinhas velhas, no que pode hoje ser considerada uma verdadeira revolução nos vinhos dos Açores." — Comunicado da empresa.

O desafio lançado a António Maçanita veio de Nuno Faria, sócio do restaurante 100 Maneiras, madeirense e com história no Porto Santo, onde passa férias desde pequeno.

"Quando confinado durante o início da pandemia na ilha, partilhou com António Maçanita o encantamento por estas vinhas rasteiras de muros brancos. Para produzir estes vinhos foi necessário convencer os produtores locais a avançar nesta aventura e foi o Sr. Cardina o primeiro a alinhar e permitir que se utilizassem as uvas das suas vinhas com mais de 80 anos para a produção do primeiro vinho. As castas tradicionais da ilha do Porto Santo também são únicas e diferentes de quaisquer outras em Portugal e são o Listrão, partilhado com as ilhas Canárias, onde é conhecida como “Listan Blanco” e a casta Caracol ainda de origem incerta." — Comunicado da empresa

Neste evento especial foram apresentados os três mais recentes rótulos de António Maçanita, fruto desta aventura e viagem à ilha do Porto Santo e para a qual foi criada uma nova empresa, a Companhia de Vinhos dos Profetas e dos Villões.

O nome é uma alusão clara às alcunhas entre ilhas: "Profetas é como os madeirenses chamam aos porto santenses e Villões (lê-se Vilhões) o que os habitantes de Porto Santo chamam aos madeirenses".

Vinhos lançados

Listrão dos Profetas 2020, 1.300 garrafas
Listrão dos Profetas – Vinho da Corda 2020, 450 garrafas Caracol dos Profetas 2021, 4000 garrafas


Veja 98 fotos do evento de apresentação no Funchal no 'Gazebo'

01 dezembro 2021

Confraria leva gastronomia da Madeira a França

 


A Confraria Enogastronómica da Madeira esteve presente no XX Capítulo da 'Confrérie Balnéolaise des Chevaliers de Bacchus', que teve lugar, no fim-de-semana de 20 e 21 de Novmebro, na região de Bagneux, próxima da capital francesa, Paris.

No evento, foram apresentados os vinhos vencedores do Concurso de Vinhos da Região da Ile de France para os anos 2019 e 2020, um concurso promovido pela  CO.CO.RI.CO - Comitê Coordenador das Confrarias da Ile de France.

O confrade madeirense, Lino Dionísio de Jesus, marcou pela sua convivialidade, tendo sido reconhecido com título de cavalheiro "Messier".

Fonte:Dnoticias.pt

Confraria Enogastronómica da Madeira concretiza geminação em Espanha


A Confraria Enogastronómica da Madeira esteve, entre 20 e 21 de Novembro, na XVIII Festa da Matança da Serra Sul de Jaén, na região da Andaluzia, em Espanha, onde concretizou a geminação com a Cofradía Gastronómica El Dornillo, apadrinhada pela Cofradía Gastronómica "Los Esteros", da cidade de Cádiz.

As duas irmandades comprometeram-se a manter vínculos permanentes, a fim de trocar experiências e lançar qualquer acções conjuntas.

Além da geminação, ao longo dos dois dias do certame, os confrades madeirenses vivenciaram as diversas actividades que compõe este evento que promove a província de Jaén, enaltecendo os seus produtos autóctones, nomeadamente: a Rota de Tapas e Doces Típicos, VI Concurso de receitas gastronómicas rurais de Jiennense; o Mercado de produtos agroalimentares e a cerimónia de entronização, na qual, o confrade madeirense, Gregório Freitas foi agraciado com membro de honra da Cofradía El Dornillo.

Ainda durante este evento, foram nomeados os embaixadores da “AOVE” (Azeite extra-virgem) pela Federación Andaluza de Cofradías y Asociaciones Gastronómicas (Fecoan): João de Deus Mellado, director geral do CanalSur Radio y Televisión e Pilar Aranda, Reitora da Universidade de Granada.

Na mala, os confrades madeirenses levaram da Madeira, vinhos tranquilos (brancos, rosés e tintos), vinho Madeira, Rum agrícola e bolo mel, produtos muitos apreciação pelos locais, que serviram de cartão de visita para uma futura deslocação a Região.

Fonte: Dnoticias.pt




Confraria Enogastronómica da Madeira na XVIII Fiesta da Matança da Serra Sul de Jaén


 A Confraria esteve, entre 20 e 21 de novembro de 2021, na XVIII Festa da Matança da Serra Sul de Jaén, na região da Andaluzia, Espanha, onde concretizou a geminação com a Cofradía Gastronómica El Dornillo, apadrinhada pela Cofradía Gastronómica "Los Esteros", da cidade de Cádiz.

"As duas irmandades comprometeram-se a manter vínculos permanentes, a fim de trocar experiências e lançar qualquer ação conjunta capaz de enriquecê-las mutuamente em todas as áreas relevantes da sua competência", refere a confraria em comunicado, acrescentando que ao longos dos dois dias, os confrades madeirenses vivenciaram as diversas atividades que compõem este evento que promove a província de Jaén, enaltecendo os seus produtos autóctones, nomeadamente: a Rota de Tapas e Doces Típicos, VI Concurso de receitas gastronómicas rurais de Jiennense; o Mercado de produtos agroalimentares e a cerimónia de entronização, na qual, o confrade madeirense, Gregório Freitas foi agraciado com membro de honra da Cofradía El Dornillo.

Ainda durante este evento, foram nomeados os embaixadores da "AOVE" (Azeite extra-virgem) pela Federación Andaluza de Cofradías y Asociaciones Gastronómicas (Fecoan): João de Deus Mellado, diretor geral do CanalSur Radio y Televisión e Pilar Aranda, Reitora da Universidade de Granada.

Na mala, os confrades madeirenses levaram da Madeira, vinhos tranquilos (brancos, rosés e tintos), vinho Madeira, Rum agrícola e bolo mel, produtos muitos apreciação pelos locais, que serviram de cartão de visita para uma futura deslocação a Região.


Fonte: JM-Madeira

18 novembro 2021

Confraria estabelece geminação na Andaluzia



A Confraria Enogastronómica da Madeira estabelece no próximo dia 21 de novembro uma geminação com a ‘Cofradía Gastronómica El Dornillo’, no decorrer da ‘XVIII Fiesta de la Matanza de la Sierra’, que ocorre de sábado a domingo em Valdepeñas de Jaén, na Andaluzia, Espanha. O ato será apadrinhado pela Cofradía Gastronómica "Los Esteros", da cidade de Cádiz.

A delegação de confrades madeirenses parte hoje e regressa no dia 23 de novembro. No decorrer da deslocação visitarão ainda a "Al-Andalus Asociación Enogastronómica", em Granada, e a "Cofradia Extremeña de Gastronomia", em Puebla de la Reina, Badajoz.

A "Fiesta de la Matanza" é um evento em torno dos produtos provenientes da matança do porco, com intuito de promover a província de Jaén como um destino gastronómico de qualidade, enaltecendo os produtos autóctones, gerados e elaborados na região.

Enogastronómica da Madeira visita o país

 


A Confraria Enogastronómica da Madeira desloca-se ao continente entre 18 a 22 de novembro de 2021 a fim de participar em diversos eventos nacionais.

No dia 18 de novembro, os elementos da Direção marcaram presença na abertura do 40º Festival Nacional de Gastronomia de Santarém que ocorre até ao dia 28 do corrente mês.

No dia seguinte, participam na Assembleia Geral Ordinária da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, que irá decorrer na Adega Cooperativa de Cantanhede.

No sábado, viajam até Évora, para as Comemorações dos 30 Anos da Confraria dos Enófilos do Alentejo, que terá lugar no Hotel do Convento do Espinheiro.


Já no domingo, dia 21 de novembro, visitam Pinhel - Cidade do Vinho 2020-2021, com intuito de participar no evento Beira Interior – Vinhos & Sabores. De referir que neste certame integra também a iniciativa "País das Maravilhas", promovida em parceria com o projecto "7 Maravilhas de Portugal", o Salão de Vinhos e Sabores. No decorrer do evento haverá um desfile de confrarias, um momento de reflexão sobre o movimento confrádico, degustações de produtos gastronómicos locais, regionais e nacionais, "showcookings", provas comentadas de vinhos e animação musical.







15 novembro 2021

'Confraria' visita o país



A Confraria Enogastronómica da Madeira desloca-se ao continente entre 18 a 22 de novembro de 2021 a fim de participar em diversos eventos nacionais.

No dia 18 de novembro, os elementos da Direção marcaram presença na abertura do 40º Festival Nacional de Gastronomia de Santarém que ocorre até ao dia 28 do corrente mês.

No dia seguinte, participam na Assembleia Geral Ordinária da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, que irá decorrer na Adega Cooperativa de Cantanhede.

No sábado, viajam até Évora, para as Comemorações dos 30 Anos da Confraria dos Enófilos do Alentejo, que terá lugar no Hotel do Convento do Espinheiro.

Já no domingo, dia 21 de novembro, visitam Pinhel - Cidade do Vinho 2020-2021, com intuito de participar no evento Beira Interior – Vinhos & Sabores. De referir que neste certame integra também a iniciativa "País das Maravilhas", promovida em parceria com o projecto "7 Maravilhas de Portugal", o Salão de Vinhos e Sabores. No decorrer do evento haverá um desfile de confrarias, um momento de reflexão sobre o movimento confrádico, degustações de produtos gastronómicos locais, regionais e nacionais, "showcookings", provas comentadas de vinhos e animação musical.

Fonte: https://www.jm-madeira.pt/regiao/ver/148189/Confraria_visita_o_pais

13 outubro 2021

RVCA participou no Grande Capítulo da CEM

Pela primeira vez a RCVA deslocou-se à Madeira para participar no Capítulo da Confraria Enogastronómica da Madeira, de 1 a 4 de outubro. 

Um excelente programa que a CEM organizou, em segurança, para mais de uma centena de confrades regionais, nacionais e internacionais e que mostrou tudo aquilo que a Madeira produz com qualidade, as suas tradições, a sua cultura, a sua gastronómica e, sobretudo, o saber receber das suas gentes.

Destaca-se a receção no IVBAM - Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira, a geminação com a RCVA e com a Confraria dos Ovos Moles de Aveiro, a  visita ao mercado municipal do Funchal, a S. Vicente, à Quinta Barbusano e suas vinhas, ao produtor Octávio Ascenção Ferraz (Câmara de Lobos), a Porto Moniz onde foi recriado o tradicional Panelo, a missa na Sé Catedral e o desfile pelas ruas do Funchal, a recepçao na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira – ALRAM...

Um programa arrojado que envolveu uma enorme logística mas que a Confraria Enogastronómica da Madeira organizou na perfeição. 

Parabéns!







































































Com tecnologia do Blogger.

 

© 2013 Confraria Enogastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top