10 julho 2017

Presença madeirense no "Ohner Waifest-Weekend du Vin 2017"

20:25

Presença da Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira no "Ohner Waifest-Weekend du Vin" 2017, que se realizou na localidade de Ahn, no Município de Wormeldange, Grao-Ducado do Luxemburgo. 


"Ahn, Confraria do Palmberg Luxemburgo. Mais uma viagem para representar a Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Maderira (AMC/CGM), para falar de gastronomia, vinhos, cultura e de tradição, divulgando assim de um certo modo o destino turistico Madeira. Foi isso mesmo que aconteceu neste passado fim-de-semana de 8 e 9 de julho 2017. Desta vez fui até ao Luxemburgo, mais precisamente à freguesia de Ahn, com cerca de 200 habitantes. A Confraria visitada foi a prestigiosa Confraria do Palmberg.

Antes de continuar, um pouco de informação referente a este pequeno país com cerca de 2.586 km2, pouco mais do que 3 vezes a superfície da Madeira e com cerca de 576.000 habitantes (estatísticas de 2016), sendo constituida por 55% de luxemburgueses, cerca de 18% de portugueses e o resto de outras nacionalidades como, franceses em terceira posição, alemães, e outras nacionalidades.
No Luxemburgo, assim como na Suíça, á qual é muito comparado, falam-se e aprendem-se várias línguas na Escola. Desde o ensino primário que a língua mais falada diariamente é o Luxemburguês, vindo em segundo lugar o Português, devido à forte comunidade portuguesa neste pequeno país. No entanto a língua oficial é o Francês e o Alemão.
Vamos à razão pela qual fui até Ahn, pequena freguesia à beira do rio "Moselle", que também faz ofício de fronteira entre a Alemanha e o Luxemburgo nesta região.
Festa do Vinho de Palmberg e da dita Confraria, sendo recebido no sábado pelo "Grand Maitre", o Sr. Jean Duhr na sua própria adega. Um grande produtor de vinhos, entre outros o "Riesling", o "Pinot Noir", o "Pinot Gris", e que me fez visitar uma parte do seu domínio vitícola. Nesta região a produção de vinhos é essencialmente brancos (90%) devido principalmente à qualidade do solo e do clima.

Depois da visita do domínio e já na sua adega, foi o momento de provar alguns dos seus vinhos e também de lhe entregar, a título pessoal, uma garrafa de Vinho Madeira. Um Bual 10 anos da Blandy's que foi muito apreciada e que fez questão de partilhar com os membros da sua Confraria.
Já no domingo, dia 9, foi pelas 10h30 que fomos recebidos na igreja local para a benção do vinho e a missa, saindo depois em cortejo até ao centro da freguesia onde estava tudo a postos para se dar início à abertura da festa pelos 7 produtores da freguesia, contando com a presença de entidades políticas e civis da Região. A destacar um deputado europeu, um professor de alto nome na região e a Diretora de Informação da RTL (Radio Televisão do Luxembourg) que, como a Confraria Gastronómica da Madeira, por mim representada, foram entronizados novos membros da Confraria do Palmberg, aproveitando ainda durante a cerimónia de entronização para remeter ao "Grand Maitre" uma medalha da AMC/CGM, símbolo de amizade e intercâmbio entre as duas confrarias.
Esta confraria foi fundada em Dezembro de 1984 e conta com a generosidade dos cerca de 230 membros. Entroniza em média a cada Capítulo 3 a 5 novos membros. A meu conhecimento, pela informação que me foi dada, foi a primeira vez que receberam uma confraria portuguesa.
Tive a oportunidade de conversar com muitos dos convidados e, como sempre, a minha preocupação foi falar da AMC/CGM, qual o seu objetivo, divulgar o Destino Madeira como destino turístico, abordar a nossa gastronomia, o nosso Vinho Madeira, as tradições e a cultura. E é sempre com grande entusiasmo que o faço porque a receptividade é sempre grande e interessante. 
Mais uma vez realço que a Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira comprova, através dos seu membros que a representam pela Europa e não só, possuir os requisitos necessários para que lhe reconheçam o estatuto de parceria, como instituição que promove e divulga o Destino Turistico da Madeira. Lino de Jesus Dionísio Suíça, 10 de Julho 2017.























Escrito por

A Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira é uma associação sem fins lucrativos, que promove e defende a Gastronomia Regional Madeirense e todo o seu partimónio cultura.

0 comentários:

 

© 2013 Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top