18 julho 2018

Confrarias gastronómicas promovem o “Chícharo” no Porto Santo


A Confraria Gastronómica da Madeira em parceria com a Confraria do Chícharo (Alvaiázere, Leiria) promovem o “Chícharo” a convite da Câmara Municipal do Porto Santo no âmbito dos 600 Anos do Descobrimento da Ilha do Porto Santo.

O chícharo foi durante muito tempo produto alimentar do povo do Porto Santo cuja produção ou cultivo desapareceu no início do século XX e que foi recentemente reintroduzido na ilha.

Os confrades da Confraria do Chícharo apresentaram uma palestra no dia 20 de julho pelas 16 horas no Centro Cultural de Congressos do Porto Santo sobre as potencialidades deste produto secular. No sábado, dia 21 de julho de 2018, terá lugar um almoço de degustação do Chícharo pelas 13 horas no restaurante Panorama, no Porto Santo (para reservas, ligar para o 965014491 ou enviar email para confrariagastronomica@gmail.com).

Ao longo dos dois dias haverá um stand com exposição de diversos produtos relativos ao “Chícharo”, com abertura pelas 18h de sexta-feira.

Fotos: Confraria do Chícharo e Restaurante Panorama.


Na Imprensa:



Fábrica Mel Cana-de-açúcar Ribeiro Sêco descobriu garrafas com vinho Madeira ‘Cruz do Carvalho’ de 1880

‘Achado’ foi descoberto nas suas instalações

A Fábrica Mel Cana-de-açúcar Ribeiro Sêco de V. Melim, Lda., descobriu nas suas instalações garrafas com vinho Madeira ‘Cruz do Carvalho’ datadas de 1880.

“Consideramos um achado histórico, visto nos primeiros passos da empresa eram produzidos aguardente cana-de-açúcar, vinagre de vinho, vinho azedo, suco de uva, sumo de maracujá e só em 1935 é começou a produzir o mel cana-de-açúcar e que mantém até os dias de hoje”, diz numa nota de imprensa enviada à redacção, acrescentando que “já foi enviada uma garrafa para ser feita uma análise e ver os parâmetros que o néctar contém”.

15 julho 2018

Arroz de Lapas do Paul do Mar a caminho do livro de recordes


Hoje foi dia de confeccionar um "mega" Arroz de Lapas numa terra bem conhecida por este univalve, o Paul do Mar. O evento, enquadrado na Festa da Lapa, uma iniciativa da Casa do Povo do Paul do Mar, foi um ensaio para superar o atual Record do Guinness do Maior Arroz de Lapas detido pelo município do Porto Moniz. 
A todos os que de uma forma ou de outra permitiram o sucesso desta aventura, o nosso sentido agradecimento.

Festa da Lapa termina hoje


Este domingo não poderá perder o programa que a XVI da Festa da Lapa, no Paul do Mar, tem para lhe oferecer.

Gastronomia, música e cultura são as palavras chave desta festividade. O último dia da festa em que a lapa é o protagonista começa pelas 12 horas e só terminará por volta da meia noite. Até lá muitas são as atividades que a Casa do povo local tem preparadas para si.

Um ‘mega arroz de lapas’ da Confraria Gastronómica da Madeira é um dos grandes destaques do último dia da Festa da Lapa, que será servido pelas 18 horas.

André Brito & Bailarinas, Catarina Melim & Bailarinas, Electro Band and Friends e o DJ Paul P são algumas das atuações que animarão o serão na costa oeste da ilha. Já a Vanusca & Amigas da Pequenada prometem divertir os mais pequenos pelas 18 horas.

14 julho 2018

Há Festa da Lapa no Paul do Mar

O Presidente do Governo Regional visitou ontem a Festa da Lapa, evento que decorre até ao próximo domingo, na freguesia do Paul do Mar.

Fonte: JM-Madeira, edição impressa (pág. 9) de 14 de Julho de 2018.


Paul do Mar e Confraria Gastronómica da Madeira preparam recorde do Guinness


Na XIV Festa da Lapa que decorreu este fim-de-semana, a Confraria Gastronómica da Madeira confeccionou um Arroz de Lapas Gigantes a convite do presidente Casa do Povo do Paul do Mar, Paulo Garcês, com vista a futuramente superar o atual recorde do Guinness do 'Maior Arroz de Lapas do Mundo'.
Alcides Nóbrega, presidente da confraria madeirense, liderou a equipa que levou a bom porto, no passado domingo, a confecção deste prato típico da região no cais do Paul do Mar. Pelas 18h00, os presentes no evento saborearam gratuitamente esta refeição sendo distribuidos aproximamente mil pratos.

Fotos: Casa do Povo do Paúl do Mar

​Pela Direção


Na Imprensa: 


13 julho 2018

Príncipe do Mónaco volta em Setembro

Monarca vem a 21 de Setembro a convite de Miguel Albuquerque para entronização na Confraria do Vinho Madeira.

Fonte: Diário de Notícias da Madeira, edição impressa (pág. ) de 13 de Julho de 2018.




10 julho 2018

Academia das Carnes organiza almoço no Porto Santo no dia 21


No âmbito das celebrações dos 600 anos da descoberta do Arquipélago da Madeira, a Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira, contando com a parceria da Câmara Municipal do Porto Santo e com a Confraria do Chícharo (Alvaiázere), realiza um evento gastronómico (almoço) no dia 21 deste mês, onde o chícharo será rei e senhor do evento.

O chícharo foi durante muito tempo produto alimentar do povo do Porto Santo, cuja produção ou cultivo desapareceu no inicio do século XX. A Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira pugna há vários anos pela reintrodução do respectivo produto na gastronomia típica da ilha do Porto Santo, da qual fez parte desde o descobrimento do Porto Santo até o inicio do Século XX.

09 julho 2018

'Chícharo' estará em destaque no evento gastronómico das celebrações dos 600 anos da Descoberta do Arquipélago da Madeira

No âmbito das celebrações dos 600 anos da Descoberta (e não achamento, termo brasileiro) do Arquipélago da Madeira, a Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira com a parceria da Câmara Municipal do Porto Santo e com a Confraria do Chícharo (Alvaiázere), de acordo com o programa enviado em anexo, realiza o evento gastronómico onde o "Chícharo" será rei e senhor do evento.

P.S. O chícharo foi durante muito tempo um produto alimentar do povo do Porto Santo, cuja produção ou cultivo desapareceu no início do Século XX. A Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira pugna há vários anos pela reintrodução do respetivo produto na gastronomia típica da ilha do Porto Santo, da qual fez parte desde o descobrimento do Porto Santo até o início do Século XX.

Estreito de Câmara de Lobos, 9 de Julho de 2018.

Na Imprensa:

> JM-Madeira: 'Chícharo' é Rei em almoço da Academia Madeirense das Carnes


07 julho 2018

AMC/CGM representada na XIV Festa da Lapa de 13 a 15 de julho no Paul do Mar


A Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira far-se-á representar por elementos da sua Direção na sessão inaugural da XIV Festa da Lapa, a convite da Comissão Organizadora do evento.

A Festa da Lapa é um popular evento anual que ocorre no pitoresco porto do Paul do Mar. Trata-se de uma das festas locais mais famosas, prolonga-se por 3 noites e é repleta de entretenimento, concertos, pratos tradicionais e, claro, as lapas frescas grelhadas acompanhadas com cerveja, vinho branco, de preferência de vinho branco tranquilo madeirense ou verde.

Estreito de Câmara de Lobos, 7 de Julho de 2018.

06 julho 2018

AMC/CGM na Finlândia de 6 a 10 de Setembro


A Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica confirma a sua presença de 6 a 10 de Setembro na Finlândia, onde irá participar na cidade de Tampere no Capítulo da "Viiniritaren Veljeskunta", que se realiza no dia 8. Os confrades da confraria madeirense agendaram um encontro com a "Torinn Ritarit Veljeskunta", de Helsínquia, para 6 de Setembro.

Nesta viagem a delegação madeirense irá igualmente confraternizar com elementos da "Brotherhood of the Knights of the Vine of South Korean", presentes no evento da Viiniritaren Veljeskunta, no dia 8 de Setembro, e aproveitará a ocasião para promover a gastronomia, os vinhos e o Destino Madeira.

Estreito de Câmara de Lobos, 7 de Julho de 2018.

28 junho 2018

Confirmada presença no XIII Capítulo da "Confraria da Broa d`Avanca"

A Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira confirma a sua presença no XIII Capítulo da "Confraria da Broa d`Avanca", que se realiza a 15 de Julho na freguesia d'Avanca,  no Município de Estarreja, Distrito de Aveiro.

Estreito de Câmara de Lobos, 28 de Junho de 2018.

Marcelo Rebelo de Sousa fez um brinde nos EUA com o Vinho Madeira, veja o vídeo


‘Toast to America’ foi o brinde feito na Embaixada de Portugal em Washington, durante um evento alusivo aos 600 anos da Descoberta da Madeira em território norte-americano, que contou com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa, bem como de Miguel Albuquerque.

Saiba de mais pormenores aqui.




27 junho 2018

Weinfreunde in Farbenroben: Die Gallus-Gilde feiert Jubiläum



Vor kurzem feierte die Gallus-Weingilde ihr 50-jähriges Bestehen. Seit 1968 treffen sich die Männer und Frauen in den bunten Roben und geniessen Wein – doch es geht ihnen um mehr.

«Es geht uns um Kultur, um Weinkultur, nicht ums Betrinken», versichert Christian Gerber. Der Gildenmeister der Weingilde Gallus leitet diese seit nunmehr elf Jahren. Seit 1968 widmen sich die St. Galler Weinfreunde dem vergorenen Traubensaft. Die Gilde ist die St. Galler Sektion der Association Nationale Des Amis Du Vin (ANAV) und eine der ältesten in der Schweiz.

Vergangenes Wochenende feierte die Gallus-Gilde in St. Gallen ihr 50-jähriges Bestehen. Dazu fanden sich 275 Weinfreunde aller Schweizer Sektionen zum ANAV-Kongress ein – dem Fest der Weinfreunde, das nur alle zwei Jahre stattfindet und dieses Jahr anlässlich des Jubiläums der St. Galler Gilde in der Gallusstadt über die Bühne ging.

220 Hektar Weinbaufläche

Der Gallus Weingilde gehören rund 120 Mitglieder an. Die meisten davon sind im Rheintal und im Raum St. Gallen ansässig. «Das Rheintal ist die wichtigste Weinbau-Region in unserem Kanton, zusammen mit dem Sarganserland», sagt Christian Gerber. Im ganzen Kanton St. Gallen gibt es 220 Hektar Weinbaufläche, das ist weniger als in den typischen Weinregionen wie etwa im Wallis. «Doch Qualität geht vor Quantität. Bei den Weinen der Region gab es in den vergangenen Jahrzehnten grosse Fortschritte», sagt Gildenmeister Gerber. Er muss es wissen, denn auf lokale Weine richtet die Weingilde ein besonderes Augenmerk. So lautet der offizielle Leitspruch, den die Gilde auch in ihren Statuten verewigt hat: «Schätze unsere Weine, trinke sie mit Mass und helfe, dass sie uns rein und unverfälscht erhalten bleiben!»

Die Weinfreunde und Weinfreundinnen – 50 Prozent der Mitglieder sind Frauen – der Gallus-Gilde trinken nicht einfach nur gerne Wein. Sie schätzen dessen kulturelle Bedeutung und interessieren sich für die Herstellung sowie für den richtigen Genuss. Zu diesem Zweck treffen sie sich sechsmal im Jahr, um gemeinsam Wein zu geniessen, und ihr Wissen darüber zu vertiefen. «Mal sind das Wine-and-Dine-Abende, Mal Degustationen oder im Sommer auch mal ein Grillanlass», sagt Gerber.

Blindverkostung und Theorie

Alle zwei Jahre veranstaltet die Gilde wie alle Sektionen einen Weinwettbewerb. An diesem werden drei rote und drei weisse einheimische sowie drei rote ausländische Weine blindverkostet. Die drei besten Sektionen nehmen anschliessend am Finale des Coupe ANAV teil, wo nach denselben Regeln die kompetentesten Weinfreunde gekürt werden.

Darüber hinaus macht die Gallus-Gilde jedes Jahr eine Reise in Weinregionen im Ausland. Ein weiter Jahrestermin ist der Besuch eines regionalen Weinbaubetriebs.

Gilde marschiert am Olma-Umzug

Wie ernst die Weinfreunde den Coupe nehmen, äussert sich in ihrer gewissenhaften Vorbereitung. Theorieauffrischung gehört genauso dazu wie das Training für die Blindverkostungen. Auch für die Ordensverleihung der Weingilde wird Weinwissen in Form eines Theorieteils und einer Blinddegustation abgefragt. Getreu der Aussage, es gehe um mehr als Alkoholkonsum.

Nach der Jubiläumsfeier am vergangenen Samstag, steht im Oktober für die Weingilde Gallus ein weiterer Höhepunkt bevor: Sie wird zusammen mit St. Galler Winzern am Olma-Umzug teilnehmen – zu Ehren des Fête des Vignerons, dem Winzerfest aus Vevey, das nur einmal pro Generation stattfindet und dieses Jahr Ehrengast der Olma ist. Gerber: «Darauf freuen wir uns sehr.»


Bild: Der Vorstand, der sogenannte Gildenrat, trägt an einigen Anlässen festliche Gewänder, so etwa am jährlichen Hauptbott – der Hauptversammlung der Weingilde Gallus. Christian Gerber (Bildmitte) präsidiert die Gilde seit elf Jahren.


Estreito de Câmara de Lobos, 27 de Junho de 2018.

Fonte: Tagblatt

25 junho 2018

Presença na cidade suíça de Bulle no Capitulo "Victor Tissot"

A Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira esteve presente na cidade de Bulle, na Suíça.

O Capitulo "Victor Tissot" da Confraria du Gruyère na cidade de Bulle, na Suíça, serviu para celebrar o o centenário do Museu Gruyérien este sábado, 23 de Junho. Contou com a presença de cerca de 380 convidados, membros e amigos e de 5 confrarias convidadas, 4 suíças e a Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira.
Como sempre tem acontecido, a presença de elementos da confraria madeirense nestes eventos produz uma atenção especial por parte dos restantes confrades ou convidados. Este evento foi mais uma oportunidade para promover o Destino Madeira, os seus vinhos, a gastronomia e em particular tentar transmitir o sentir e a cultura dos povos da Região Autónoma da Madeira.
Neste encontro entivemos em contacto pela primeira vez com membros da "Association Nationale des Amis du Vin Suisse", que manifestaram interesse em ter com a confraria madeirense relações de amizade e de intercâmbio e manifestando, igualmente, a sua vontade em se deslocar à Madeira.

Lino Dionisio
Estreito de Câmara de Lobos, 25 de Junho de 2018.
















23 junho 2018

Prazeres recebeu encontro cultural gastronómico de Junho


O Encontro Cultural Gastronómico da Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira de Junho realizou-se no 16 no Restaurante "Prazeres Rurais", na freguesia dos Prazeres, no Município da Calheta. Este encontro contou com a presença de confrades da "Confraria da Truta e da Sidra", com sede na freguesia de São Roque do Faial, Santana.

Estreito de Câmara de Lobos, 23 de Junho de 2018.
















Com tecnologia do Blogger.

 

© 2013 Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top